Arquivo da categoria: Rio de Janeiro

Carioca da Gema

A minha intenção ao criar o FarraFina foi dividir com o maior número de pessoas dicas e experiências de lugares que eu visitei ou gostaria de visitar. Fico muito feliz, quando alguém entra e deixa uma sugestão ou indica novos lugares, como no caso do e-mail abaixo da carioca, literalmente da gema, Julia:

Praia de Ipanema

Acabei de descobrir seu blog pelo Makefor, e adorei o post que você fez sobre o Rio. Sou carioca e vim para SP fazer faculdade. Posso dizer de verdade que as suas dicas são ótimas. Volta e meia eu vejo um post em algum blog falando do Rio e comentando sempre dos lugares bem óbvios, que na verdade nem são tudo que custam ou aparentam. Logo, gostaria de acrescentar para a sua listinha de lugares para conhecer no Rio algumas dicas de uma carioca da gema. Parte de ser do Rio quer dizer que eu fui projetada para ser meio folgada e marrenta, então quis escrever correndo esse email porque vi logo de cara que tem uns lugares que você tem que conhecer! Julgando por aqueles que você disse que gostou, tudo indica que você também vai curtir pra caramba esses lugares:

Café da manha: La Bicyclette

 La Bicyclette Boulangerie Rio de Janeiro

la bicyclette rio de janeiro

Esse mini restaurante na verdade começou quando um casal, um francês e uma carioca que morava na França, se mudaram para o Rio e começaram a fazer pães em casa e entregar de bicicleta pelo bairro (logo o nome do lugar). Minha casa lá no Rio fica no Jardim Botânico, do lado do Horto, então café da manhã sempre tinha direito à croissant quentinho. O croissant de chocolate belga é de outro mundo. Fora que dá no muro do Jardim Botânico, perto da subida do Horto, então você consegue imaginar que delícia que é o clima e o verde. A melhor parte, na minha opinião, é que não é muito conhecido, então não é a barulheira e desconforto do Talho Capixaba ou do Pain du La Pain.

Rua Pacheco Leão 320 – Horto

Almoço: Braseiro da Gávea

Restaurante Braseiro da Gávea Rio de Janeiro

Restaurante Braseiro da Gávea Rio de Janeiro

Tem fila de uma hora. É uma zona federal. O lugar é apertado e tem cara daqueles botecos de esquina que vão te fazer passar mal a semana inteira. Uma grande combinação de fatores pra você querer passar longe, mas o alto astral e a comida absolutamente fenomenal são inegáveis. Ideal para depois de um dia de praia, ainda salgado de água do mar, quando você não agüenta mais tomar mate/água de coco e pegar sol, lá para as 5 da tarde (porque cá entre nós que carioca consegue almoçar num sábado de sol antes das 3 ou 4pm?) e você tem que estar FAMINTO. Lá é uma churrascaria, mas não é rodízio. Se você conferir todos os guias, e prêmios da veja, e cariocas que sabem alguma coisa da cidade, a resposta sobre o Braseiro é sempre a mesma: imperdível! Pede a picanha, arroz de brócolis, farofa de ovo, batata frita, e molho a campanha (molho vinagrete). Fecha com uma cervejinha e seu fim de tarde está feito!

Praça Santos Dumont 116 – Gávea

Jantar: Antiquarius

Restaurante Antiquarius Rio de Janeiro

Restaurante Antiquarius Rio de Janeiro

Com certeza o melhor restaurante da cidade. Ele é super tradicional e tem uma vibe bem bacana. Na minha opinião ele é muito pouco que nem o Rio, porque apesar da comida ser ideal para o clima, o ambiente do restaurante não é agitado, e geralmente não costuma ser o lugar onde pessoas vão para “ver e serem vistas”. Você vai pela comida, e isso por si só já é motivo suficiente. A comida é tradicionalmente portuguesa, mas tem se misturando com o cardápio típico carioca. Recomendo o arroz de pato de lá. Bom para fazer qualquer vegetariano revirar na cova.

Rua Aristides Espínola 19, Leblon

Boteco/Restaurante: Academia da Cachaça

Academia da Cachaça Leblon Rio De Janeiro

Academia da Cachaça Leblon Rio De Janeiro

Numa sexta feira, é o lugar ideal para curtir uma cervejinha com os amigos e dar risada. Costuma ficar bem lotado, e com bom motivo. Lá é um bar típico carioca, onde se tem dificuldade de ouvir a sua própria conversa com a barulheira do lugar, mas que não incomoda porque você muito provavelmente vai acabar num estado de descontração de querer rir e falar alto também. Recomendo a cachaça com mel. Não é para virar no shot, pelo-amor-de-deus, mas vai tomando aos poucos junto com uma Original. Se bater a fome, pede o escondidinho que é imbatível! Tem duas academias na cidade. A que eu vou sempre fica no Leblon, pertinho da Dias Ferreira. Se você for lá, chama o Walter, garçom mais gente boa de lá. Aquele ali tem história pra contar.

Rua Conde Bernadotte, 26 – Leblon

Bar: Bar da Praia

Bar da Praia Hotel Marina Rio de Janeiro

Ideal para começar a sua noite, o mais legal de lá é que os drinks são super diferentes, e eu sempre acabo experimentando vários. No final acabo voltando pra um favorito, caipirinha (cachaça, sempre) de limão sem açúcar. Mas vale a pena dar uma variada e experimentar uns outros, que fica à seu critério. Fica na frente da praia do Leblon, no Hotel Marina, numa varanda super aberta, o que deixa o ambiente ainda mais agradável porque bate um ventinho muito gostoso e uma música super boa pra esquentar a noite. Vale lembrar que o Rio não é SP, então não adianta tentar achar lá um bar chiqueréssimo porque essa não é a pedida da cidade. É só saber curtir o que a cidade tem para oferecer, uma descontração e simpatia que acaba cativando ate o paulista mais exigente.

R. João Lira, 5 Hotel Marina Palace – Leblon

Balada: Rio Scenarium

Rio Scenarium Rio de Janeiro

Rio Scenarium Rio de Janeiro

O Rio Scenarium não é muito conhecido pelo paulista (ou baiano) que vai ao Rio porque eles geralmente buscam uma vida noturna parecida com a de SP. Mas não adianta tentar transformar o Rio em SP. Muitos já tentaram, e até dá certo por um tempo, mas o carioca tem uma cabeça diferente da do paulista, e trocadilhos à parte, a nossa praia e outra. A Lapa, que e onde fica esse lugar, e um dos poucos bairros do Rio que ainda lembram a época mais boêmia da cidade. As fachadas foram tombadas, e a Rua do Lavradio não foi pavimentada como o resto das cidades grandes. O que o lugar bomba mesmo não é só no charme, mas na música. A idéia do lugar basicamente é a seguinte: são três prédios que mantiveram a fachada, mas por dentro quebraram as paredes para integrar todos os três em um só espaço, com três andares, e mais de uma sala tocando músicas diferentes. A música logo na entrada e na área principal geralmente e ao vivo, mas quando você passa por um corredor até o outro lado, sempre rola um Jorge Ben remixado e uma coisa mais animada, uma pedida diferente mas não menos divertida. Outra coisa bacana do lugar é a historia por trás do nome. Acontece que todas as grandes emissoras de televisão enviam para lá acervos de novelas, filmes e programas que não são mais usados, então você tem em todas as paredes, violinos, bonecas, cadeiras de dentista, âncoras, enfim os objetos mais aleatórios que você consegue imaginar. No fim, você não só se diverte na cerveja e na musica mas na estética também, porque você sempre acha alguma coisa inusitada na parede. As noites na Lapa sempre são muito divertidas, porque são a essência do Rio. Se perguntar para qualquer carioca que se preze, Rio Scenarium costuma estar no topo da lista de todo mundo. Saindo de lá, vale a pena dar uma paradinha na frente da Fundição Progresso e comer um salsichão antes de ir para casa, pra matar a larica.

Rua do Lavradio, 18, 20 e 22 – Lapa

Crédito: Reprodução

Anúncios

13 Comentários

Arquivado em Rio de Janeiro, Rio de Janeiro

O jeito é dar uma fugidinha com você!

O dia dos namorados está logo aí e muita gente ainda está se perguntando o que fazer?  Para você que não quer, definitivamente, encarar qualquer restaurante no segundo dia mais cheio do ano (perdendo somente para o dia das mães), a melhor pedida é ir pra longe. E vamos aproveitar! Nesse ano o calendário deu uma forcinha e o Big Day cai num domingo! Para um fim de semana FarraFina segue alguma sugestões. Só falta fazer a mala!

Unique Garden – Localizado a 50min de São Paulo, no coração da Serra da Cantareira, é considerado um dos melhores Spas no Brasil. Há também um pacote especial para o dia dos namorados.

Unique Garden Resort e Spa

Unique Garden Resort e Spa

Unique Garden Resort e Spa

DPNY – Localizado na Ilha Bela, cerca de 2h30 de São Paulo, é uma opção para aquele casal, que mesmo em clima de romance gosta de um agito e não se importa de curtir uma musica alta.

Hotel DPNY Ilha Bela

 Hotel DPNY Ilha Bela

Hotel DPNY Ilha Bela

Villa Bebek – Pra quem quer curtir o litoral paulistano no melhor estilo low profile, a 2 horas de São Paulo, mais precisamente na praia de Camburi. Além de curtir o hotel, você pode aproveitar e comer no melhor restaurante do litoral paulista, o Manacá. Um dias dos namorados pra ninguém colocar defeito.

Hotel Villa Bebek Camburi

Hotel Villa Bebek Camburi

Casas Brancas – Para os moradores da cidade maravilhosa, a pedida é o hotel boutique Casas Brancas em Búzios.  Mesmo com o inverno batendo na porta, a cidade imortalizada por Brigitte Bardot ainda é um charme.

Hotel Boutique Casas Brancas

Hotel Boutique Casas Brancas

Locanda della Mimosa – Mas se a idéia for curtir o inicio de inverno, a pedida certa é subir a serra. Próximo a cidade de Itaipava, região serrana do Rio, fica a charmosa pousada de propriedade do chefe Danio Braga. São apenas 6 quartos todos em estilo europeu.

Locanda della Mimosa Itaipava

Locanda della Mimosa Itaipava

Locanda della Mimosa Itaipava

Fasano Rio de Janeiro – Para que gosta de ver e ser visto, e tem como programa preferido ficar estendido à beira da piscina. Mas não estamos falando de qualquer uma, e sim “DA PISCINA”. Além de poder curtir tudo que a cidade mais bonita do Brasil tem a oferecer.

Hotel Fasano Rio de Janeiro

Hotel Fasano Rio de Janeiro

Hotel Fasano Rio de Janeiro

2 Comentários

Arquivado em Rio de Janeiro, Uncategorized

Rio 40 graus!

Para mim, não existe cidade melhor para se passar a semana do que São Paulo (ok, talvez NY, mas essa é hors concours), mas definitivamente não existe cidade melhor do que o Rio de Janeiro para se passar o fim de semana.   Ir à praia do Leblon (atualmente freqüento o posto 12, mas já fui do posto 10), tomar mate com limão do galão, comer biscoito globo – doce é claro!, fazer o almoço pós praia no Gula-Gula (como já disse antes, o Serafina carioca) e depois  ir beber no Jobi (único boteco/bar que eu conheço que faz caipirinha de maracujá coada?!?!). Como disse o grande Tom Jobim “Morar em Nova York é bom, mas é uma merda. Morar no Rio é uma merda, mas é bom”. Nunca morei no Rio, mas os meus fins de semanas lá são sempre excelentes.

Caso você esteja de viagem marcada a cidade Maravilhosa, segue algumas dicas:

ONDE FICAR:

Hotel Fasano – Para mim, o melhor hotel da cidade. Os quartos são pequenos, e os laterais têm vista pro nada, mas a piscina vale cada centavo. Às sextas, é no bar do hotel (Londra) que rola a noite carioca (que infelizmente inexiste, mas tudo bem, o Rio é uma cidade diurna).  www.fasano.com.br

A piscina que vale a diária.

Copacabana Palace – Um marco da cidade. Este hotel é administrado pela Orient Express, tem os melhores quartos da cidade, mas infelizmente a sua localização não ajuda muito. Ficar hoje em Copacabana é o mesmo que querer ficar na Times Square em NY. Ruim não é, mas também não é bom. 

 www.copacabanapalace.com.br

Palladium – Muito bem localizado. Fica no coração do Leblon, a duas quadras da praia e perto de vários restaurantes. O melhor custo benefício da cidade.              

www.hotelpalladium.com.br

Z.Bra Hostel – O primeiro albergue “boutique” da cidade, ele está localizado ao uma quadra da praia do Leblon e conta com quartos que acomodam de 2 a 9 pessoas, com uma diária de R$50,00 a R$250,00.      

www.zbrahostel.com

Hall do Z.Bra Hostel

O quarto comunitário que acomoda até 9 pessoas.

Hotel Santa Teresa – Este hotel, localizado no coração do bairro de Santa Teresa, foi construído numa antiga sede de fazenda colonial. O único hotel Relais&Chateaux da cidade, onde todos os quartos tem vista para a baía de Guanabara ou para a cidade do Rio de Janeiro.

 www.santa-teresa-hotel.com    

Quarto do hotel Santa Teresa.

A piscina tem vista para a cidade.

Mama Ruisa – Também localizado no bairro de Santa Teresa, este pequeno hotel boutique construído numa pequena casa, conta com apenas 7 quartos.

 www.mamaruisa.com 

O charme francês na bohemia corioca. O preço é um pouco salgado!

ONDE COMER:

Zuka – O meu restaurante preferido. No almoço, durante a semana, eles servem um menu executivo pelo valor de R$60,00, onde você pode escolher qualquer entrada, prato e sobremesa do cardápio. Peça o peixe no sal grosso com molho de amendoim e curry e de sobremesa ovos moles com sorvete de canela ou o brigadeiro quente com biscoito de maisena. Rua Dias Ferreira, 233 – (21) 3205-7154 

Sushi Leblon – O japonês mais famoso da cidade. Vive lotado, então tem que ter paciência para sentar. Peça o harumaki de camarão, o tartar de atum gordo e a dupla de ovo de codorna frita com azeite trufado. Rua Dias Ferreira, 256 – (21) 2512-7830

Aprazível – Localizado no bairro de Santa Teresa, este restaurante tem um dos melhores ambientes da cidade, e a comida é excelente. Rua Aprazível, 62 – (21)25089174

Aprazível – uma das melhores comidas do Rio e com direito a vista.

Gula Gula – A comida é boa, nada excepcional, mas todo mundo gosta. Não deixe de pedir os pastéis de queijo brie de entrada, o carpaccio de salmão e o mousse de chocolate de sobremesa.  Avenida Henrique Dumont, 57, Ipanema – (21) 2259-3084 e outros 11 endereços.

Térèze – Restaurante francês com toque brasileiro, comandado pelo chefe francês Damien Montecer (ex Gordon Ramsay, Alain Ducasse, Garcia & Rodriguez). Fica dentro do Hotel Santa Teresa. Rua Almirante Alexandrino, 660 – (21) 21 3380-0220

O ambiente do Tèréze, dentro do Hotel Santa Teresa.

Miam Miam – Este pequeno restaurante, no bairro de Botafogo, serve segundo o conceito  “confort food”. O ambiente é super agradável. Rua Gal Góis Monteiro, 34  -(21) 2244-0125

O ambiente descolado e a “confort food” do Miam Miam.

Botiquim – Localizado também no bairro de Botafogo, este restaurante serve uma comida com toque caseiro, daquelas que a gente gosta de comer em casa, como picadinho, escondidinho, etc… Mas o melhor é o tornedor café paris, que vem servido com  batata rosti. De sobremesa peça o floresta negra (bolo de mousse de chocolate quente). Um excelente custo benefício para o almoço. Rua Visconde Caravelas, 184 – (21) 2286-3391

Alessandro e Frederico – Localizado em Ipanema, a comida lembra um pouco a do restaurante Ecco de São Paulo (parece esquentada no microondas). Mas o ambiente da varanda é agradável e o couvert com pães feitos no próprio local e bem gostoso.  Rua Garcia D’ávila, 134 – (21) 2521-0828 ‎

Escola do Pão – O melhor café da manhã que você irá comer na sua vida! Provavelmente os cariocas irão dizer que o concorrente Talho Capixaba é melhor. Não acredite! O preço é salgado, R$65,00, mas vale cada centavo. Aliás, recomendo nem jantar no dia anterior, pois provavelmente você vai sair de lá passando mal de tanto comer. Rua Gal Garzon, 10 – (21) 2294-0027

Saduiches da Escola do Pão - coma sem cautela!

8 Comentários

Arquivado em Hotel, Rio de Janeiro, Rio de Janeiro