Arquivo da categoria: São Paulo

Tá na Mesa: Nou

Restaurante NOU Sao Paulo

Pode não ser a última novidade gastronômica, mas acredito que poucas pessoas conheçam ou já tenham indo ao NOU. Aberto em 2008 em um pequeno sobrado em Pinheiros (na minha opinião, novo reduto gastronômico da cidade), esse restaurante serve uma comida despretensiosa e muito saborosa. Sabe aquela comida que gostamos de comer em casa com um toque de sofisticação? Uma excelente alternativa para que ama a comida do restaurante Ritz, mas já conhece o seu cardápio de cor! E o preço? Muito razoável (claro, para os padrões paulistas atuais!).

Restaurante NOU Sao Paulo

De entrada mini hambúrguer de gorgonzola. De prato principal não deixe de provar o excelente bife a milanesa (mais crocante impossível – eleito o melhor da cidade pela revista Época) acompanhado de risoto de limão siciliano. Para quem não quer encarar uma carne ou uma fritura, prove o espaguete de camarão abobrinha e shitake. Para terminar, mousse de chocolate com morango, chantilly e farofa de caramelo. Fica a dica!

Restaurante NOU Sao Paulo

Restaurante NOU Sao Paulo

Rua Ferreira de Araújo, 419 – Pinheiros, Tel: 2609-6939

Crédito: Reprodução e FarraFina

21 Comentários

Arquivado em São Paulo

Tá na Mesa: Chou

Restaurante Chou

Cansado de ir aos mesmos restaurantes? Mesmo morando em São Paulo, com milhares de opções, você sempre acaba indo no mesmo? Pior, quando tenta lembrar-se de algum lugar diferente somente vem à mente os mesmos! Sim, todo mundo já passou por isso!

Se a intenção é variar, segue uma dica quente! A minha última descoberta gastronômica se chama CHOU. Ok, tenho que confessar que dessa vez o crédito é da revista Modo de Vida da Joyce Pascowitch. Mas o que vale é ter ido conferir, não é?

A novidade fica em um pequeno sobrado no bairro de Pinheiros. Se você não olhar com cuidado, provavelmente você nem irá reparar que por trás de uma pequena fachada, fica um paraíso gastronômico.

Restaurante Chou

A ambiente é pra lá de agradável. Uma dica: tente pegar uma mesa na parte externa da casa. Já a comida, a melhor palavra para descrever é excelente. Porque tudo que foi pedido estava simplesmente excelente! A forte do restaurante, comandado pela chefe e proprietária Gabriela Barreto, são os pratos preparados na grelha.

Restaurante Chou

De entrada não deixe de provar a mandioca gralhada no carvão e o queijo de cabra grelhado servido com melado e uvas.

De prato principal prove o polvo (um dos melhores que eu já comi em toda minha vida), acompanhado de folha de mostarda com queijo feta e pinolis ou o Ojo de Bife com batatas amassadas com manteiga, dill e Leban (um Iogurte caseiro). Para quem estiver com um paladar “para massas”, prove o tagliatellin  com raspas de limão, creme fresco e bacon!

Restaurante Chou

Mandioca no carvão com sal marinho e manjerição.

Restaurante Chou

Para finalizar, arroz doce feito em 3 leites e uma colherada de doce de leite!

Restaurante Chou

Bom apetite!

Rua Mateus Grou 345 . Pinheiros . São Paulo . Tel: 30836998 (Só abre no jantar!) $$$

Crédito: Reprodução

2 Comentários

Arquivado em São Paulo

Tá na Mesa: Dia dos Namorados – SP

Cena do Filme Simplesmente Complicado

Olho no calendário! Faltam 11 dias para o dia dos namorados, e com eu já disse, trata-se do segundo dia mais concorrido do ano na cena gastronômica.  Sim, tudo estará lotado, com gente saindo pelo ladrão. Se você não quiser ser pego de surpresa e ainda ter que apelar para o delivery do Lig-Lig, ta na hora de fazer a sua reserva! O Farra Fina traz algumas sugestões para o dia mais romântico do ano.

Le Jazz – O famoso BBB (bom, bonito e barato – pelo menos para os padrões paulistas). Bistrot frances com clima intimista. Para não errar, salada Le Jazz, steak tartar e waffle com chocolate.

Restaurante Le Jazz

Tappo Trattoria – Um dos melhores italianos da cidade (o meu preferido!). Super pequeno, com apenas 15 mesas. Para acertar, focaccia de tomate, risoto de funghi trufado e tiramissu.
Restaurante Tappo Trattoria

Ici Bistro – Do chefe Benny Novak a.k.a Tappo, um dos melhores restaurantes de culinária francesa da cidade. Para não errar: peça qualquer coisa, tudo é bom! Especialmente o cordeiro e os profiteroles.

Restaurante Ici Bistrot

Carlota – Restaurante super aconchegante, montado em uma antiga casa em Higienópolis, sob o comandado da chefe Carla Pernambuco. Um dos meus restaurantes preferidos! O que pedir? Entrada de mix de rolinhos, risoto de Parma com camarão empanado e soufflé de goiabada com creme de queijo!

Restaurante Carlota

Maní – Restaurante comandado pela chefe Helena Rizzo, elogiada por ninguém menos que Ferran Adriá a.k.a El Buli, oferece uma culinária mais saudável sem perder o sabor. Durante a jantar a clima e de romance no ar. Entrada não precisa, o couvert já é suficiente. De prato, bacalhou à Braz, moqueca do Maní e cordeiro com tubérculos! Sobremesa, sem dúvida espuma de nutella com soverte de gengibre.

Couvert Restaurante Mani

Ruella – Simpático restaurante com ambiente perfeito para casais. Como diz o nome, fica escondido no final de uma pequena rua. A culinária é contemporânea com um toque frances. Inside information: não está no cardápio, mas às vezes eles fazem – confit de canard com mel e espaguete de shimeji. De sobremesa, crepe de marron!

Restaurante Ruella

 

 

 

 

Deixe um comentário

Arquivado em São Paulo

Tá na mesa: AK Vila

A cena gastronômica em São Paulo está cada dia mais efêmera. O abre a fecha de restaurantes está cada dia mais constante. Nunca se sabe até quando aquele restaurante que você tanto gosta estará aberto. Foi o caso do antigo AK Delicatessen da talentosa chefe Andrea Kauffman.

Tudo bem, há males que vem para o bem! A chefe abandonou o seu antigo bairro de Higienópolis e as suas raízes  judaicas (estou falando em relação à comida) e abriu a sua nova casa no bairro modernex  da Vila Madalena  ao melhor estilo bohemian- chic.

A nova proposta de Andrea é apresentar segundo ela “um menu autoral; cada viagem, livro, filme ou ingrediente descoberto servirá de inspiração” com um menu enxuto, focado em produtos sazonais, rotativos e bem brasileiros. Aguarde sempre novidades no cardápio!

Para começar pedi a Salada Da Chef com folhas verdes, gorgonzola, figos, bacon e melaço de romã. Uma delícia! De prato principal são oferecidas diversas opções de grelhados como picanha, galeto ou bacalhau que podem vir acompanhado da excelente banana da terra com vinagrete, batatas rústicas ou mesmo quiabo no vinagre balsâmico.

Mas como nunca resisto a um Ossobucco, se tem no cardápio eu logo peço, fui nele sem titubear. A carne estava saborosa e vinha acompanhada de uma salada de ervas (salsinha, coentro, pimenta, cebola roxa e provavelmente algo a mais) e  uma polenta. Confesso que ela estava um pouco sem sal. Mas uma pitada aqui e acolá, tudo resolvido! Uma opção diferente para quem não sabe como sair da rotina!

Rua Fradique Coutinho, 1240, Vila Madalena, São Paulo.

http://www.akvila.com.br  – $$$

1 comentário

Arquivado em Restaurante, São Paulo

Tá na mesa: Las Chicas

Construído dentro de uma garagem de um pequeno edifício de três andares, a nova empreitada da chefe Carla Pernambuco, a.k.a. Carlota, atende pelo nome de LAS CHICAS. O pequeno restaurante funciona todos os dias das 9am às 11pm, servindo café da manhã, almoço e jantar.  Para a proprietária, o seu restaurante Carlota representa o dinnig room, já o Las Chicas é a sua versão para a copa.

Durante o horário de almoço, é servido um bufet com 5 tipos de saladas e 4 pratos quentes, que mudam todas os dias. O valor é fixo (R$45,00), sem bebida ou sobremesa. Achei o preço um pouco alto, tendo em vista a proposta e o ambiente. Mas o sabor da comida faz jus ao valor. No dia que fui almoçar, entre as opções de salada, havia uma espécie de salpicão de frango levemente apimentado, com um excelente chutney de manga com coalhada. Como prato principal, um bobó de camarão à moda thai, servido com pedaços de abacaxi e um ótimo, bom e velho, picadinho.

De sobremesa, as opções são inúmeras, o difícil é escolher. Desde brownie de banana, passando por brigadeiro caseiro, cheesecake e bolo de nozes. Pedi o pavê de doce de leite, que estava uma delicia.

Durante o horário entre o almoço e o jantar, o Las Chicas vira um simpático café, onde são servidas opções de quiches, pães e doces.

À noite o serviço é à la carte, com porções a serem beliscadas.

Uma ótima opção para sair da mesmice de sempre!

http://www.laschicas.net.br

Rua Oscar Freire, 1607 (antes da Av. Rebouças) – Tel:30630533

1 comentário

Arquivado em São Paulo

Tá na mesa: Spot

O Spot só tem um grande defeito. Na verdade dois. Além de ser longe do circuito gastronômico paulista, não há um só dia que você não tenha que esperar horas por uma mesa. Caso você não tenha feito uma reserva ou não tenha chegado antes das 12:30am(almoço) ou das 8:30pm(jantar), pode contar com pelo menos 1h30 na fila. Isso de domingo a domingo! Mas como diz o dito popular, quem espera sempre alcança! E a espera vale!

Enquanto você aguarda ansiosamente por sua mesa, peça o Bazergan receita turca à base de trigo temperado, coalhada seca e pão sírio torrado. Ou, para os amantes de alho com eu, o excelente Cogumelos À Provençal (portobello, shiitake, shimeji com azeite, alho, salsinha e limão).

O problema reside na hora de pedir os pratos. O mais famoso é o Penne Melão e Presunto Cru, mas os meus preferidos são o Penne Oriental com tiras de frango, legumes, shiitake, gengibre e amêndoas ou o Steak Béarnaise acompanhado de Batata Touraine (em cubos, levemente frita na manteiga). Ambos de comer rezando.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Agora, se escolher o prato principal não é uma escolha fácil, a sobremesa, para chocólatra com eu, é a parte mais difícil. Sempre fico entre o Soufflé De Chocolate (peça com creme inglês ao invés de sorvete) ou o Profiteroles com sorvete de doce de leite “häagen dazs”, calda de chocolate e praliné de amêndoas (sem noção!). Mas ainda há outras opções como o Chocolate Short Cake (mousse de chocolate, calda de chocolate, creme batido, biscoito e amêndoas) e o Chocolate Caramel Tart (torta de chocolate amargo com caramelo na base de biscoito de maisena).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O jeito é encarar a espera e aproveitar!

Abs,

Tauan

Spot – Alameda Ministro Rocha Azevedo, 72 São Paulo, 01410-000 – (0xx)11 3283-0946

 

Deixe um comentário

Arquivado em Restaurante, São Paulo

Tá na Mesa: Best Burger in Town!

Preciso me redimir quanto ao meu último post sobre os dois mais famosos hambúrgueres de NY. Na ocasião comentei que nunca tinha comido um sanduíche equivalente aqui no Brasil. Por sorte, um amigo meu leu e me indicou o St. Louis Burger aqui em São Paulo. Não quero parecer pretensioso (até porque não conheço todas as lanchonetes da cidade), mas foi o melhor sanduíche que eu já comi por aqui. Literalmente tão bom quanto o Burger Joint (NY). O restaurante é bem simpático, somente com 11 mesas que acomodam 2 ou 4 pessoas. Já advirto, nos fins de semana a espera chega a 2 horas!

Eu pedi, por sugestão da garçonete, o Road Burger (hamburguer 160gr, cheddar, BBQ e cebolas grelhadas). Tudo isso acompanhado de Cheddar Fries (batata frita acompanhada de cheddar cremoso e bacon) e Milkshake de Ovomaltine (bom, mas o do Bob’s ainda é melhor). Para terminar a orgia calórica, Apple Pie, servida com caramelo da casa, sorvete de creme e chantilly. Depois disso só um sal de frutas. Vale muito a pena uma visita!

Abs,

Tauan

http://www.stlouisburger.com.br

Rua Batataes, 242 – Jardim Paulista – São Paulo – 11 3051 3435

4 Comentários

Arquivado em Restaurante, São Paulo

Quem disse que comer em Shopping não é bom?

Confesso que tenho um pouco de preconceito em comer dentro de Shopping Center. As opções nunca são muito boas, o ambiente não ajuda em nada, mas é claro que tem vezes que não tem jeito. Exceto se estivermos falando do Shopping Cidade Jardim. Ao contrário dos demais, este é o primeiro shopping a oferecer literalmente opções gourmets a seus clientes. O difícil é escolher. Para quem não conhece ou sempre fica em dúvida como eu, vamos a algumas sugestões.

Due CuochiUm dos meus restaurantes italianos preferidos. É a primeira filial do restaurante do Itaim. Não deixe de provar o risoto de camarão com tabasco, o spaghetti de camarão com rúcula e limão siciliano ou a paleta de cordeiro com couscous marroquino, que vem desmanchando. De sobremesa peça de olhos fechados o petit gateau de limão siciliano.

Petit Gateau de Limão Siciliano.

Pobre Juan – Para os amantes de carne argentina essa é a pedida certa. Vá de bife de chorizo acompanhado de batatas fritas a provençal e salada Dracena. Para terminar, panqueca com doce de leite.

Lanchonete da Cidade – O sanduíche mais famoso é o Bombom (hamburguer com molho de tomate no pão francês), mas o meu preferido , por incrível que pareça, é o bom e velho misto quente Martha Rocha (peito de peru com queijo meia cura no pão de miga argentino). De acompanhamento peça as batatas rústicas e o suco de frutas vermelhas com laranja. Muito bom!   

Petrossian – A última novidade gastronômica do shopping é a famosa casa de Caviar francesa Petrossian. Além de você poder apreciar essa rara iguaria (isso se o bolso permitir!), a loja oferece ainda diversos outros pratos como saladas e massas, além de chocolates, biscoitos, chás, patês e geléias.

Santo Grão – A filial do café Santo Grão fica dentro da minha loja preferida do shopping, a Livraria da Vila.  Não deixe de provar os croquetes de carne, o salmão defumado com ovos mexidos e creme azedo, e um dos meus vícios prediletos, o muffin de capuccino com chocolate branco! E aproveite  para dar uma volta por uma das melhores e mais bonitas livrarias que eu já conheci. O projeto é do famoso arquiteto Isay Weinfeld.

Livraria da Vila

Nonno Ruggero – A trattoria do grupo Fasano é outra ótima opção para quem quer comer uma boa comida italiana. Ela fica localizada no piso térreo e na minha opinião é o restaurante mais agradável do shopping. Gosto muito do ossobuco com polenta e do capelleti in brodo. No almoço eles ainda oferecem um bufet de salada e frios.

Emporio Central – Além de oferecer artigos gourmets, como queijos, frios, vinhos e pães da Le Vin Boulangeries, o restaurante oferece diversos pratos como massas, carnes, risotos e sanduíches. Eu recomendo o brioche com presunto de Parma e quejo brie. Realmente muito bom!

Kosushi – Para os aficcionados por japonês, a pedida é o carpaccio de salmão ou temakis, um dos melhores de São Paulo. Eles sempre vem crocantes na medida certa!

Mil Frutas – A primeira filial da famosa sorveteria carioca foi aberta aqui. Com sabores sempre diferentes como os excelentes goiabada com queijo, o chocolate branco com framboesa, e muitas vezes exóticos, como o abacaxi com coentro e o maracujá com alecrim, esta é sem dúvida a minha sorveteria preferida. Mas se você gosta do tradicional, não deixe de provar o de brigadeiro com creme.

 

7 Comentários

Arquivado em São Paulo

Tá na mesa: Tappo Trattoria

Sou fã confesso do Benny Novak, chefe e proprietário do Tappo e dos também excelentes Ici Bistrot e Dinner 210. Mas sem dúvida o Tappo é o meu restaurante italiano preferido de São Paulo. Tanto pela ambiente, quanto pela comida. Ele tem somente 15 mesas, por isso se você não quiser esperar um bom tempo, recomendo reservar. Mas o sacrifício é totalmente recompensado quando a comida é posta a sua frente. De entrada comece pela ótima focaccia de tomate cereja e mussarela de búfala. De prato principal eu sempre fico na dúvida entre a costela de boi que vem quase se desfazendo, acompanhada da clássica polenta italiana ou do risoto de funghi trufado. Sem nação! Mas tudo lá é bom,da lasanha aos peixes não há como errar.  Para finalizar, não deixe de pedir o tiramissu. Depois disso a vida fica um pouco melhor!

Ps: Me desculpem, mas não encotrei nenhuma foto da costela ou do risoto, o jeito é ir lá e conferir. O que não será nada mal!

Abs,

Tauan

Focaccia para começar!

Não deixe de provar o tiramissu! Porque você já sabem, jantar sem sobremesa não rola!!!

Tappo Tratoria – Rua Consolação, 2971 São Paulo, 01416-001 – 11 3063-4864

Deixe um comentário

Arquivado em São Paulo

Tá na mesa: Picchi

São Paulo sem tour gastronômico de final de semana não é São Paulo. Então lá fui eu e alguns amigos bons de garfo jantar, ou pelo menos tentar, no Le Marais, francês dos mesmos donos do italiano Due Cuochi. Assim como o primogênito, a casa estava abarrotada com espera de mais de 1 hora, tempo inconcebível para a turma faminta. O que fazer? Bater na porta do vizinho, o italiano Picchi.

Logo de cara foi oferecido um ousado (not in a good way) couvert que incluía patê de atum. Sim. Patê de atum. Mas vamos prosseguir. Os pratos principais foram: espaguete a Carbonara (descrito como “borrachudo”) e Ragu de Rabada e Escarola, quase insípido. Mas somos brasileiros e não desistimos nunca! “Sim, por favor o cardápio de sobremesas!”. Canolli, provavelmente o melhor prato da noite e um semifredo de Café com chocolate e castanha do Pará, onde se sentia o gosto da castanha, mas nem vestígio do café.

Sem teor etílico no sangue e 93 reais mais pobre, me peguei pensando: será que todo restaurante merece mesmo uma segunda chance?

Abs,

Tauan

Rua Jerônimo Veiga, 36 – tel: 11 3078-9119

Deixe um comentário

Arquivado em Restaurante, São Paulo