Arquivo da categoria: Chiang Mai

Top Destination: Tailândia

Bangkok

A Tailândia pode não ser o hype que já foi um dia. Pode não ser a última novidade do oriente. Mas sem dúvida deve ser a primeira parada de todo viajante rumo ao lado mais exótico do globo.

O caminho é longo, quero dizer, o vôo. A melhor opção é voar via Europa. De Londres leva-se 12 horas! Sim, cansa e muito! O jetleg parece que nunca vai passar, mas no final vale à pena.

Palácio Real de Bangkok

Primeira parada: Bangkok. A capital do Reino da Tailândia é a mistura perfeita do ocidente com o oriente. Só vendo pra crer! Um lugar onde as tradições ainda resistem à invasão capitalista do século 21, mas com o melhor que a modernidade pode oferecer.

Aqui tem de tudo. O bar aberto mais alto do mundo, mercado flutuante, palácio voltado à adoração de Buda, show de pompoarismo, Night Bazar… uma cidade para todos os credos e gostos.

Passeio obrigatório na cidade é o Palácio Real. Lá fica a famosa estátua do Buda de Esmeralda (ok, na verdade é de Jade), mas o que vale mesmo é aprender um pouco da história da Tailândia. Outro passeio imperdível é o Mercado Flutuante. Como ele funciona nos arredores da cidade e começa bem cedo, o jeito é acordar lá pelas 4:30am! É cedo, mas o sacrifício vale muito!

Palácio Real de Bangkok

Por falar em pompoarismo, sim, há shows na cidade. Já virou parte das atrações “culturais” da cidade. Para os menos puritanos, algo que você, sem dúvida, somente verá em Bangkok. Normalmente eles ficam próximos ao Night Bazzar, onde se vende de tudo, mas principalmente “falsificados”. Uma espécie de 25 de Março nossa. Então não se assuste ao ouvir alguém gritando e anunciando o início do ping-pong pussy show!

Para quem não abre mão de uma boa compra, Bangkok não perde pra cidade nenhuma do mundo. O lugar certo é o Siam Paragon, um mega shopping com lojas de Channel a Balenciaga! O tamanho realmente impressiona, e a melhor forma de chegar é pelo SkyTrain ou, para os mais aventureiros, de Tuk-Tuk, uma espécie de triciclo.

Tuk Tuk em Bangkok

Os clássicos Tuk-Tuk.

Onde ficar:

As melhores opções são o The Peninsula e o seu vizinho Mandarim Oriental. O primeiro ficou entre os cinco melhores do mundo pela lista da Conde Nast Traveller; o segundo é um clássico da cidade, uma espécie de Copacabana Palace. Uma dica, se você ficar no Mandarim Oriental, solicite um quarto na parte mais antiga do Hotel. Ambos tem serviço de barco para travessia do rio para o outro lado da cidade.

The Peninsula Bangkok

The Peninsula

The Peninsula Bangkok

The Peninsula Bangkok

Mandarin Oriental Bangkok

Mandarin Oriental

Mandarin Oriental Bangkok

Mandarin Oriental Bangkok

Onde comer:

Sirocco – Considerado o restaurante aberto mais alto do mundo. A vista já vale o jantar.

Restaurante Sirocco Bangkok

Breeze – No mesmo edifício do Sirocco. O restaurante mega moderno, serve uma comida asiática contemporânea. Não deixe de provar os camarões empanados com molho de wasabi.

Restaurante Breeze Bangkok

Restaurante Breeze Bangkok

Bed SupperClub – Da mesma rede com filiais em Amsterdam, Londres, Istambul. O menu degustação é servido em sofás que lembram camas. O ambiente também é bem moderno. Depois do jantar o lugar vira uma casa noturna.

Bed Supperclub Bangkok

Bed Supperclub Bangkok

A uma hora de vôo da capital, fica a cidade de Chiang Mai. Conhecida como a cidade cultural do país, ela ficou famosa pelos seus mais de 300 templos budistas. Parada obrigatória para quem está de visita ao país. O mais famoso e o maior deles é o Doi Suthep, construído no século 14. Se fosse possível fazer uma analogia, para se entender melhor o que é este lugar, Doi Suthep está para os budistas, assim como a Disney está para os capitalistas. Lá você recebe passe, tira a sorte no palito, “rega” com cera derretida o signo do seu nascimento, dá a volta no templo dourado, tudo isso descalço, e claro! Um passeio imperdível!

Doi Suthep Chiang Mai

Doi Suthep

Doi Suthep Chiang Mai

Doi Suthep Chiang Mai

Dois dias são suficientes, mas se você for ficar no Four Seasons Chiang Mai, aproveite e fique três! O hotel construído no meio de uma plantação de arroz é tudo que você pediu para relaxar nessas férias. O serviço é impecável e o SPA já foi eleito o melhor do mundo pela bíblia das viagens Conde Nast Travellers. E o hotel ainda oferece aulas de culinária, no melhor estilo “faça você mesmo”. Precisa de mais algum motivo?

Four Seasons Chiang Mai

Four Seasons Chiang Mai

Four Seasons Chiang Mai

Four Seasons Chiang Mai

Cozinha da aula de culinária.

Four Seasons Chiang Mai

Se você estiver com o espírito desbravador, a sua próxima parada é Chiag Rai. Partindo de Chiang Mai, o vôo leva apenas 30 min. Logo alí, conhecido como Triângulo Dourado, bem na divisa com o Laos e o Myanmar (antiga Birmania), fica a última descoberta hoteleira da Tailândia. O Four Seasons Golden Triangle (Guia 101) foi construído no meio de uma floresta de bambus. Todos os quartos são construídos acima do nível das árvores, proporcionando uma vista como poucas vezes você terá na sua vida. Além disso, o hotel conta com a sua própria manada de elefantes, onde você aprende a “dirigi-los” no meio da floresta. Como a localização do hotel é privilegiada, eles ainda organizam passeios para o Laos e o Myanmar. Gostou da idéia?

Four Seasons Tented Camp Golden Triangle

Four Seasons Tented Camp Golden Triangle

Four Seasons Tented Camp Golden Triangle

Para terminar a Tailândia com chave de ouro, o seu caminho deverá seguir rumo ao Sul! Mais precisamente pra Phuket. A cidade praiana já deixou de ser deserta faz tempo, mas ainda continua linda. E para acertar em cheio, o seu hotel sem dúvida deve ser o Amampuri. Construído num pequeno morro logo na beira do mar, o hotel conta com a sua própria praia (private). Além disso, eles próprios organizam qualquer passeio que você desejar, como mergulhar, em região conhecida como Sharkpoint, e a visita à famosa ilha de Koh Phi Phi (imortalizada no filme A Praia). O passei o a Phi Phi é imperdível e leva aproximadamente 1h30 de speedboat (prepare o Dramin!)

Amanpuri

Praia privada do Amanpuri

Amanpuri

Amanpuri

Koh Phi Phi

Koh Phi Phi

Koh Phi Phi

No caminho para o mergulho em Sharkpoint.

Crédito: Reprodução

Anúncios

10 Comentários

Arquivado em Bangkok, Bangkok, Chiang Mai, Phuket, Tailândia